Sabesp investe R$ 26,3 milhões no sistema de abastecimento de água em Caraguá

Expectativa é que mais de 180 mil habitantes sejam beneficiados com as ações; cerca de setenta empregos devem ser gerados

Prefeito Aguilar Junior visita obras da Sabesp; investimento superior a R$ 26 milhões (Foto: Reprodução PMC)

Dando continuidade ao calendário de obras, a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) iniciou, nesta semana, as obras do “Programa Corporativo de Redução de Perda”, com foco na adequação e melhorias nos setores de abastecimento de água. A iniciativa conta com o financiamento da Agência Japonesa de Cooperação Internacional, orçado em R$ 23,6 milhões.

As obras consistem na troca de tubulações e equipamentos, além da construção de uma nova EEAT (Estação Elevatória de Água Tratada), na Estação de Tratamento de Água Porto Novo. O objetivo é obter maior capacidade de distribuição, garantindo segurança e confiabilidade no abastecimento. De acordo com a companhia, o planejamento prevê adequação de seis estações elevatórias de água tratada e implantação de outras duas, haverá ainda a substituição de 15 quilômetros de redes de distribuição de água e implantação de um novo trecho de 5,3 quilômetros. O projeto conta também com melhorias no sistema Palmeiras Norte, na entrada da cidade, implantação de oito pontos de monitoramento do abastecimento e substituição de mais de 1,5 mil ramais de água em residências.

Ao todo, as ações da Sabesp devem beneficiar cerca de 185 mil pessoas, incluindo os turistas que frequentam a cidade na alta temporada. “Os investimentos na melhoria e ampliação da rede de abastecimento de água irão ajudar a resolver um problema antigo, o abastecimento regular durante a temporada de verão. Todos os anos nossa cidade sofre em função alta demanda de turistas, que chega a triplicar o número de pessoas no município, no período de festas de fim de ano e carnaval”, comentou o prefeito Aguilar Junior (MDB).

As atividades começaram nos bairros Travessão, Perequê-Mirim e Porto Novo e deve ainda chegar em regiões como Benfica, Jardim Miramar, Jardim dos Sindicatos, Barranco Alto, Jardim das Flecheiras e Pontal Santa Marina.

Por Bruna Silva | Jornal Atos