Castamóvel de São Vicente de Minas regista 179 procedimentos e supera soma das duas primeiras edições

Por volta das 13h de terça-feira, dia 22 de junho, o total de animais levados ao Ginásio Poliesportivo para serem  atendidos pelo Castramóvel já havia ultrapassado a soma dos cachorros e gatos castrados nas duas primeiras edições do serviço realizadas em São Vicente de Minas.                     

Até o início da tarde, 160 animais foram esterilizados, enquanto o total de cães e felinos castrados em 2019, nas duas primeiras visitas do Castramóvel, somados, foi de 154. E, ao final do trabalho, nessa terça, o número chegou a 179.

“Ficamos muito satisfeitos com o resultado, que comprova a confiança nesse trabalho promovido por nós com o apoio fundamental do CIGEDAS (Consórcio Intermunicipal de Gestão e Desenvolvimento Ambiental Sustentável das Vertentes), com o objetivo reduzir a quantidade de animais soltos nas ruas, que representa sério risco de saúde pública”, comenta o prefeito Lili.

Os moradores de São Vicente que têm animais e compareceram em peso ao poliesportivo demonstraram estar conscientes da necessidade da castração para evitar a reprodução descontrolada. Mas compreendem ainda que o procedimento contribui para manter a saúde dos animais.

A professora Márcia Oliveira destacou: ”Castrar os animais é muito importante porque diminui a população de animais nas ruas da cidade”.

“Eu comentei com a minha veterinária e ela disse que a castração evita uma série de doenças. Por isso que eu trouxe também”, acrescentou o funcionário da Polenghi, Adriano Godinho dos Santos.

Depois de conferida a inscrição, cada animal era pesado, e a anestesia aplicada, antes que a castração fosse feita. Depois das cirurgias, os responsáveis pelos animais receberam medicamentos para uso no período pós-operatório.

Além dos funcionários da equipe do Castramóvel, todos eles já vacinados contra a COVID-19 para prevenir a transmissão da doença, o trabalho contou com o apoio de servidores municipais das secretarias de Desenvolvimento Social, de Saúde e de Obras e Serviços.

Também como forma de prevenção à COVID, os funcionários da prefeitura, de forma permanente, distribuíam álcool para a higienização das mãos de todas as pessoas presentes.

Por iniciativa da administração municipal, o contrato do Castramóvel foi firmado com o CIGEDAS em 12 de março de 2019. Na primeira edição do trabalho na cidade, em abril de 2019, 84 animais foram submetidos à cirurgia de esterilização. Em outubro do mesmo ano, 70 foram castrados.

Devido à pandemia, não foi possível trazer o serviço de volta ao município, em 2020. Agora, com o quadro da COVID-19 mais estável, o Castramóvel retornou com grande sucesso.

Fonte e fotos: Assessoria de comunicação da Prefeitura de São Vicente de Minas