Polícia Civil de Baependi indicia por feminicídio acusado de matar e enterrar companheira

A Polícia Civil indiciou um homem de 48 anos por matar a própria companheira, em Baependi (MG). Conforme o inquérito, o homem foi indiciado por feminicídio e ocultação de cadáver.

A vítima estava desaparecida desde outubro do ano passado. Os restos mortais da vítima foram encontrados no dia 23 de abril deste ano, após uma denúncia anônima de indícios de uma possível cova na zona rural, na estrada entre Baependi e São Tomé das Letras.

As roupas e um pedaço de colchão identificados como sendo da vítima estavam junto com a ossada e o restante do corpo em decomposição. A conclusão dos laudos, na última terça-feira (15/06), confirmou a identidade da vítima de 45 anos.

O homem de 48 anos está preso preventivamente desde dezembro do ano passado no Presídio de São Lourenço.

Desaparecimento e contradições

Segundo a polícia, Cristina dos Santos Maciel, de 45 anos, desapareceu depois de sair para trabalhar e não retornar. Conforme a Polícia Militar, em conversa com familiares, eles informaram que o forro do colchão que a vítima usava tinha sido retirado, o que causou estranheza.

Ainda conforme a polícia, o ex-companheiro foi ouvido e tratado como suspeito por entrar em contradições. Câmeras de segurança do trajeto que a vítima fazia registraram o momento em que o carro do suspeito entrou em uma estrada de terra, o que ele não relatou para a polícia.