Estado e Prefeitura de Miguel Pereira, RJ Pereira atraem investimentos de piscicultura para o município

Empresa do Sul do país tem a intenção de instalar uma fábrica de beneficiamento de tilápia na cidade fluminense

]
Representantes do Governo do Rio de Janeiro, da Prefeitura de Miguel Pereira e da cooperativa agroindustrial C. Vale, se reuniram, nesta segunda-feira (26/7), para debater investimentos no município.

A cooperativa avalia a instalação de uma fábrica de beneficiamento de tilápia na cidade. A unidade teria potencial de gerar investimentos de R$ 160 milhões e cerca de 2 mil empregos na região. 


– O Rio de Janeiro apresenta grande potencial para o desenvolvimento sustentável da piscicultura – afirmou o governador Claudio Castro, que ainda lembrou que é necessário investir no interior do estado:


– Estimular o setor, além de diversificar a pauta econômica local, tem o poder de garantir a segurança alimentar do Estado, principalmente da população de baixa renda – acrescentou Castro.


O secretário de Desenvolvimento Econômico, Vinicius Farah, destacou o potencial transformador do projeto.


– A instalação da fábrica oferece condições para movimentar e fortalecer a economia da região e melhorar a renda dos produtores locais. Este é um projeto que pode mudar a vida de diversas famílias, gerando emprego e renda e incentivando o agronegócio no município – observou o secretário, que visitou o Condomínio Industrial escolhido para viabilização do projeto de tilápias da cidade, no município de Miguel Pereira, após a reunião na capital.


A empresa
Com atuação no Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Paraguai, a C. Vale cresceu 37% em 2020, totalizando R$ 12,26 bilhões em faturamento. Estima-se que cerca de mil piscicultores seriam beneficiados com a entrada da empresa no Rio de Janeiro.
– Vamos transformar Miguel Pereira em um grande polo de produção de peixes – finalizou o prefeito de Miguel Pereira, André Português.

Por Ascom