Polícia Civil transfere homem suspeito de estuprar a própria filha em Barra do Piraí

Policiais civis da 88ª DP (Barra do Piraí), coordenados pelo delegado titular Rodolfo Atala, transferiram nesta segunda-feira, dia 19, para o sistema prisional do Estado do Rio Janeiro, um homem, de 41 anos, suspeito de estuprar a filha, uma jovem de 16 anos. Ele foi detido nesse fim de semana no Centro de Barra do Piraí.


Atala disse que o suspeito acordava a filha, para obriga-la ter relações sexuais com ele. O delegado informou ainda que, a adolescente levou ainda um ano para tomar coragem e denunciar o pai na delegacia.


– A adolescente tinha medo de sofrer represália do pai. Certa vez, o criminoso suspeitou que a filha estivesse grávida dele, e disse que ela tinha que fazer um aborto. No entanto, a gravidez não se confirmou. Mulheres vitimas de violência doméstica não devem deixar de denunciar esse tipo de crime à Polícia Civil – disse Atala.

O policial disse que o laudo pericial confirmou que o crime que foi praticado contra a adolescente.