Arara e armas são apreendias pela Polícia Ambiental em Lagoinha, SP

Foto: Divulgação/PM Ambiental

A Polícia Ambiental apreendeu uma arara ameaçada de extinção que estava em cativeiro e duas armas usadas para caça ilegal na tarde desta sexta-feira (6), no bairro Curralinho, em Lagoinha.

De acordo com a polícia, a equipe recebeu uma denúncia anônima sobre caça ilegal com arma de fogo em uma propriedade da zona rural da cidade. Na denúncia foi informado ainda que havia uma ave sendo mantida em cativeiro.

Policiais da PM Ambiental foram até a propriedade para fiscalizar a denúncia e chegando ao local encontraram uma arara Canindé, ave ameaçada de extinção, presa em uma gaiola, além de uma arma de fogo e uma arma de pressão, que eram usadas pelo proprietário do local para realizar caça ilegal.

Um homem foi preso e liberado após pagar fiança de mil reais. Ele também foi multado em R$ 5 mil e vai responder por crime de posse ilegal de arma de fogo.

A ave foi apreendida e levada para o Centro de Animais Silvestres (Cetas), de Lorena, onde será avaliada e tratada, para poder ser devolvida para a natureza.

Polícia Ambiental apreende arara e armas em casa de Lagoinha. — Foto: Divulgação/PM Ambiental
Foto: Divulgação/PM Ambiental
Polícia Ambiental apreende arara e armas em casa de Lagoinha. — Foto: Divulgação/PM Ambiental
Foto: Divulgação/PM Ambiental