Caso Samuel e Saulo: Lucilo é transferido para penitenciária e família espera justiça pela morte dos garotos

Um ano após a morte dos irmãos Samuel e Saulo familiares dos garotos aguardam por justiça.

O acusado de causar o acidente que tirou a vida dos irmãos ainda não teria sido ouvido pela justiça, o que vem causando grande revolta nos familiares e na população de Cruzeiro.

O empresário cruzeirense Lucilo Souza Pinto Filho, 59 anos, que foi preso em flagrante por suspeita de ter causado propositalmente o acidente que resultou na morte de seus filhos Samuel Henrique dos Santos Pinto, 6 anos, e de Saulo José dos Santos Pinto, 4 anos, foi transferido para o presídio de Tremembé após ficar vários meses detido em um hospital penitenciário.

FAMILIARES DE SAMUEL E SAULO CRIAM GRUPO PARA PEDIR JUSTIÇA PELA MORTE DOS IRMÃOS

Os familiares dos irmãos Samuel e Saulo criaram um grupo no Facebook para pedir justiça pela morte dos meninos.No grupo a mãe dos meninos conta toda a história do caso e pede que a justiça seja mais rápida, pois segundo informações, Lucilo já estaria bem e poderia ser transferido para um presídio.

Lucilo ainda não teria nem prestado depoimento sobre o que ocorreu no dia do acidente que resultou na morte dos irmãos.Segue o texto da mãe dos meninos que foi publicado no Grupo do Facebook:

Boa noite pessoal para quem não me conhece sou da cidade de Cruzeiro criei esse grupo para que vcs possam me ajudar a clamar por justiça, pois quem não sabe da minha vida vou contar… esses da foto são meus filhos Samuel e Saulo e meu advogado Dr Emerson Ruan… Fui casada durante 6 anos com Lucilo mas tinha mais de 10 anos que estávamos juntos, pois o casamento não estava dando certo, resolvi me separar em abril do ano passado, e ele nao aceitava a separação, fiz boletim de ocorrência contra ele pois ficava me ameaçando dizendo que ia me matar, mas ele tinha direitos como pai, então no dia dos pais 09 de agosto de 2020 ele pegou meus filhos Samuel de 6 anos e Saulo de 4 anos, premeditando um acidente que por pura maldade e podre de espírito causou a morte dos meus bens mais preciosos.Venho aqui pedir ajuda de vcs para fazermos juntos justiça, peço a todos vcs que me ajude a divulgar a página para que ele pague pela sua maldade pois ele estava internado no hospital Regional de Taubaté, foi transferido para o Hospital Penitenciário em SP e até agora não foi para o presídio, agradeço a todos em especial meu advogado Dr. Emerson Ruan que tem lutado para alcançarmos a justiça que o Samuel e Saulo merece. Na Página do grupo tem todas as informações, peço continue orando pela minha familia, e tbm para o meu advogado.SAMUEL E SAULO CLAMAMOS JUSTIÇA POR VCS.E DR. EMERSON RUAN QUE DEUS TE DE SABEDORIA E FORÇA. GRATIDÃO POR TUDO”.

Link do grupo: https://www.facebook.com/groups/460271748532934/permalink/460873431806099/

RELEMBRE O CASO: PAI É ACUSADO DE DUPLO HOMICÍDIO DOS PRÓPRIOS FILHOS

O empresário cruzeirense Lucilo Souza Pinto Filho, 59 anos, foi preso em flagrante por suspeita de ter causado propositalmente o acidente que resultou na morte de seus filhos Samuel Henrique dos Santos Pinto, 6 anos, e de Saulo Jose dos Santos Pinto, 4 anos.

O acidente ocorreu no início da tarde de hoje (09/8) na rodovia Presidente Dutra na altura do Km 21 em Lavrinhas sentido São Paulo.De acordo com Ailton Barbelino da Purificação, 55 anos, motorista do caminhão, que transitava pela pista da direita, quando foi surpreendido pelo automóvel que era conduzido por Lucilo em alta velocidade e pelo acostamento, na contramão de direção.

Quando os veículos estavam próximos de secruzarem, Lucilo desviou seu automóvel para a pista da direita, com o propósito decolidir contra o caminhão, sendo que Ailton ainda chegou a desviar para a pista da esquerda, mas Lucilo novamente, demonstrando intenção de causar a colisão, manobrou o automóvel na direção do caminhão, desta vez atingindoa parte lateral direita.

Ailton não teve lesões graves. Lucilo sofreu lesões corporais e foi socorrido ao PS da Santa Casa de Misericórdia desta cidade, onde permaneceu internado e foi dada voz de prisão pelo duplo homicídio cometido contra seus próprios filhos.

Lucilo foi transferido e segue internado na cidade de Taubaté sob escolta policial.Nas redes sociais familiares comentam que o casal já havia se separado e que a esposa teria feito boletim de ocorrência contra Lucilo devido a maus-tratos.Lucilo aproveitou a data comemorativa do dia dos pais para pegar os filhos e passear.

Fonte: Jornal A Notícia