Polícia Civil prende suspeitos de violência contra mulheres no Sul Fluminense

Operação Gaia, para prender suspeitos de violência contra a mulher, em Paraíba do Sul — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Operação Gaia, para prender suspeitos de violência contra a mulher, em Paraíba do Sul — Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil do RJ realiza nesta terça-feira (10) a Operação Gaia, contra suspeitos de violência contra mulheres. O objetivo é cumprir dezenas de mandados de prisão em todo o estado. No Sul do Rio, 18 já haviam sido cumpridos em quatro cidades.

Em Três Rios, seis suspeitos foram presos, segundo as primeiras informações passadas pela Polícia Civil. Além desses, três foram presos em Volta Redonda, outros seis em Paraíba do Sul e mais três em Valença.

Até o momento, 100 mandados haviam sido cumpridos em todo o RJ. A delegada Sandra Ornellas, que coordena a ação no estado, destaca a relevância da lei em relação a crimes de violência contra a mulher.

“A grande importância da Lei do Feminicídio é mostrar que, embora os homens morram muito mais do que as mulheres, de formas violentas, as mulheres morrem em situações especiais — pelas mãos de pessoas íntimas, por parceiros de afeto. O feminicídio é o último momento de uma violência doméstica”, explicou a delegada.