Prefeito de São Sebastião anuncia cadastro socioeconômico para regularização fundiária no Itatinga

O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, anunciou na noite de terça-feira (10/8), que a prefeitura iniciará nesta quinta-feira (12/8), o cadastro socioeconômico e recolhimento de documentação dos moradores do Núcleo Itatinga, região da Topolândia, para regularização fundiária. De acordo com a Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária, o início dessa ação, que será casa a casa,  atenderá 1,6 mil imóveis com títulos de propriedade.

Segundo a prefeitura, devido a grande quantidade de imóveis deste núcleo, a secretaria dividiu esse trabalho em quatro glebas, sendo que na primeira gleba serão atendidas 14 ruas. “É um dos passos mais importantes na regularização fundiária do Itatinga, 1.600 casas irão receber, se Deus quiser em 2022, seus títulos de propriedades. Os imóveis deixarão ter a condição de posse e  passarão a ser imóveis regularizados, com registro e matrícula. A prefeitura já entregou, em nossa gestão, mais de 2 mil títulos de propriedade, colocando o cidadão no seu direito regular, direito de ter a sua propriedade devidamente registrada e matriculada. Essa é uma Ação da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária, onde estamos realizando a chamada Justiça Social”, disse Felipe Augusto, durante live semanal no Facebook.

A secretária de Habitação e Regularização Fundiária, Mirela Cristina Ramos do Rego Vieira, informou que o cadastramento no Itatinga, nessa primeira gleba, ocorrerá de 12 a 14 de agosto.  Estão na lista dessa primeira parte do trabalho da Sehab:  Rua Jaconias Caruso; Travessa Jaconias Caruso; Rua Pernambuco; Viela da Rua Pernambuco; Rua Ceará; Viela Um da Rua Ceará; Rua Tereza R. da Silva; Travessa da Rua Tereza R. da Silva;  Rua Goiás; Rua Alagoas; Travessa Professor Machado Rosa 2- parte da Rua Júlio P. Albuquerque (lado esquerdo, do trecho entre a rua – Gov. Valadares e a Av. Itatinga) e suas travessas; Parte da Av. Itatinga (Trecho entre a Av. Professor Machado Rosa e Rua Júlio P. Albuquerque).

Para agiliza o trabalho, a Sehab tem orientado os moradores a deixarem as cópias dos documentos pessoais e dos imóveis já separados para os cadastradores da secretaria. Os documentos necessários são: RG e CPF do titular e do cônjuge ou companheiro; Certidão de Casamento, Declaração de União estável e/ou Óbito; Certidão de Nascimento (se solteiro); Comprovante de Renda Familiar; Comprovante de Endereço; Espelho do IPTU (se possuir) e Documento de aquisição do imóvel (contrato, recibo, declaração etc.).

Para obter mais informações o morador poderá entrar em contato com a equipe da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária, pelo telefone 3892- 6568.

Por Radar Litoral