Secretaria de Desenvolvimento do Rio e Jucerja lançam Carteira de Empresário Digital

Documento de identificação passa a ser emitido pelo aplicativo da Junta Comercial

A carteira de empresário da JUCERJA chegou à era digital. Agora, ela é emitida através do aplicativo da Junta Comercial, de forma 100% online. Com um novo layout, o documento serve como identificação e possui um QR Code para a leitura de informações sobre o portador.

A JUCERJA, órgão vinculado à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, é a primeira Junta Comercial do país a disponibilizar a carteira digital. O custo para o empresário é de R$ 50 e o boleto de pagamento é gerado através do aplicativo ou no site oficial (www.jucerjarj.gov.br).


O processo de emissão do documento é bem simples. Basta baixar o app da JUCERJA e fazer o login. No menu principal, é só clicar em “Carteira de Exercício Profissional” e, depois, “solicitar carteira de empresário”. Após a confirmação do pagamento do boleto, o usuário preenche os dados pessoais, faz a sua foto e assina no próprio celular. Aprovada pela Secretaria Geral da JUCERJA, a carteira ficará disponível no aparelho.


“Passamos por uma grave pandemia e a Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro entende que esta é a hora de parabenizar e homenagear os empresários, que geram empregos e recolhem impostos tão necessários para o Governo do Estado implementar ações e políticas públicas. Diante disto, estamos lançando a carteira do empresário de forma digital, para que todos tenham no seu celular esse documento tão importante”, afirmou o presidente da JUCERJA, Sérgio Romay. 


Empresário do ramo de comércio, Marco Simão foi o primeiro a emitir a nova carteira: “Sempre entendi que, como todos os profissionais, os empresários também precisavam ter o seu documento de identificação. Em 2018, sugeri à JUCERJA uma modernização no layout e a carteira passou a ser de PVC. Agora, no modelo digital, estou impressionado com a rapidez e a facilidade com que a carteira é emitida”, afirmou Marco Simão.


O superintendente de Informática da JUCERJA, Felipe Goloni, participou do processo de elaboração da carteira digital, que começou em 2019.


“A JUCERJA está na era digital, abolindo os processos em papel e proporcionando maior segurança para todos os seus usuários. Então, nada mais justo do que a carteira também seja adquirida da forma mais rápida e prática, otimizando o fluxo do registro empresarial”, explicou Goloni. 


O aplicativo da JUCERJA está disponível para os sistemas Android e IOS. Além da carteira de empresário, a ferramenta permite que o usuário consulte protocolos, solicite certidões, emita guias bancárias, além de outras funcionalidades.


“A Jucerja tem se mostrado uma importante ferramenta de desburocratização e incentivo à abertura de novas empresas no Rio de Janeiro”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Vinicius Farah.

Por Ascom