Secretaria de Estado de Turismo entrega Carteira Nacional do Artesão para profissionais de Piraí

Trinta e sete artífices do município do Vale do Café receberam o documento. Cerimônia contou com a presença do secretário de Estado de Turismo

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur-RJ), por meio do Programa Estadual do Artesanato,  entregou, nesta segunda-feira (16/08), 37 carteiras nacionais do Artesão a profissionais do município de Piraí, no Vale do Café. O documento foi entregue aos artífices que cumpriram todas as etapas do cadastramento exigidas pelo Programa Nacional do Artesanato, do Governo Federal.

Gustavo Tutuca, secretário de Estado de Turismo, participou da solenidade de entrega dos documentos e destacou a felicidade em ver a Casa de Cultura voltando a funcionar e dando dignidade aos artesãos. 

– É um prazer estar aqui. O turismo depende do artesanato e o artesanato depende do turismo. A política de artesanato precisa ser encarada como uma profissão. Os artesãos são profissionais. Muitas pessoas entendem como simples hobby, mas o artesanato sustenta muitas famílias.

Irani Imaculada da Silva, de 68 anos, foi uma das artesãs que mais comemoram o recebimento do documento.

– Cada dia a gente conquista uma coisa e, nessa pandemia, tudo é uma conquista. Esta carteira para mim é como se eu tivesse ganhado na loteria. É um prêmio de esforço particular. Estou muito emocionada!

Já Graciele Soares Nascimento, que faz peças artesanais de cerâmica e também usando a fibra da bananeira, falou sobre a emoção de receber o documento profissionalizante.

– A Carteira Nacional do Artesão tem uma importância enorme para mim. Eu morava com a minha mãe e ela faleceu e o artesanato é uma distração e uma fonte de renda. Eu estou há quatro anos fazendo artesanato e a emoção de estar aqui hoje é enorme.

O evento contou com as participações do prefeito de Piraí, Tutuca, do secretário Municipal de Cultura, Gebran Smera, do coordenador do Programa Estadual do Artesanato, Marcel Vasconcelos, entre outras autoridades. A loja itinerante do artesanato também estava no local, expondo o trabalho dos profissionais.

Carteira Nacional do Artesão

Com a Carteira Nacional do Artesão, do Programa Nacional de Artesanato, do Governo Federal, os profissionais conseguem acesso a políticas públicas, como a microcrédito e descontos, além de poderem participar de feiras municipais, estaduais e federais. Além disso, são propostos cursos de capacitação para que os profissionais possam aprender novas técnicas e dessa forma expandir seus produtos e vendas, aumentando a renda.

O ArtCredRJ, programa inédito, foi viabilizado por meio de parceria entre a Agência de Fomento Estadual (AgeRio) e a Setur-RJ, e disponibiliza financiamento para artesãos fluminenses que possuem a Carteira Nacional do Artesão. O valor do crédito é de R$ 300 a R$ 21 mil, com taxa de 0,25% ao mês. O prazo é de 24 meses e a carência de 12 meses. O crédito pode ser usado para aquisição de máquinas, equipamentos, reformas, reposição de estoque e capital de giro.

Por Ascom