Trade fluminense investe em promoção e captação para alavancar o turismo no último trimestre

Com o turismo internacional ainda longe de ser restabelecido, o turismo doméstico vem sendo a grande aposta da retomada do setor para o último trimestre do ano.

Dados da Organização Mundial do Turismo (OMT) mostram que a chegada de turistas internacionais despencou mais de 80% no primeiro trimestre deste ano.

Tendo nos vizinhos da região sudeste o principal mercado emissor de turistas para o Rio de Janeiro, entidades do trade unem forças em ações promocionais e de captação.

É o caso da campanha ‘O Rio Não Para’, iniciativa do HotéisRIO que envolve pontos turísticos, restaurantes, shoppings e companhias áreas na oferta de benefícios para fazer turismo na capital fluminense. A ação tem foco especial na captação nos mercados de São Paulo e Minas Gerais. (https://orionaopara.com.br/2021/)

Conhecendo o potencial de incremento do mercado capixaba, em último lugar no ranking do Rio CVB dos dez principais mercados emissores nacionais de 2019 (pré-pandemia), a Dio Operadora realizou este mês o 1º Famtour de Experiência de Luxo no Rio de Janeiro com agências de viagens do Espírito Santo. Os agentes capixabas participaram de um roteiro que apresentou atrativos do segmento de alto padrão, incluindo Marina da Glória, Campo Olímpico de Golfe e a hotelaria cinco estrelas da capital fluminense.

Já o turismo interestadual está na mira do trade. A Secretaria de Estado de Turismo (Setur-RJ) aposta numa resposta mais rápida do segmento de viagens de curta duração, que podem ser feitas de carro ou ônibus. A campanha digital Férias RJ foi destaque no mês de julho, em que incentivava a visita ao Rio de Janeiro, destino seguro, que segue os mandamentos do Turismo Consciente.

Também de olho nos viajantes fluminenses, a ABIH-RJ realizou este ano edições do seu projeto de capacitação para agentes de viagens, o ProCap Interior, em Petrópolis e Vassouras. A ação, que envolve parceria da Fecomércio RJ, Prefeituras e Secretaria de Turismo, busca promover capacitação, atualização, promoção e venda dos destinos do interior do estado junto aos operadores do receptivo.

Enquanto as ações de captação seguem a todo vapor, a Riotur e o Hotéis Rio (Sindicato dos Meios de Hospedagem do RJ) abrem novas portas para o turismo na cidade do Rio de Janeiro. Mais de 70 meios de hospedagem da capital fluminense acabam de receber o certificado “Rio Digital Nomads”, selo que identifica que o estabelecimento é parceiro do programa carioca de incentivo ao nomadismo digital. Até o momento, já são cerca de 100 hotéis locais cadastrados, incluindo coworkings, que oferecem tarifas especiais para nômades digitais que aderirem a pacotes “long stay” (de longa permanência). A lista completa dos estabelecimentos parceiros está disponível no https://www.nomadesdigitais.rio/.

“O setor de turismo está otimista com as previsões de retomada anunciadas pela Prefeitura para o último trimestre, a depender, claro, da situação sanitária. Precisamos reconhecer, mesmo com as recentes dificuldades de logística, que o Rio de Janeiro tem conquistado excelente desempenho na campanha de vacinação e que o interior do estado segue na dianteira da retomada. Os hotéis têm feito um trabalho sólido de enfrentamento da pandemia, com resultado comemorado já neste mês de julho. O interior, por exemplo, fechou com média geral de 51,05% de quartos de hotéis reservados no interior. Alguns destinos sazonais registram índices bastante acima da média, como é o caso de Petrópolis, onde recentemente realizamos nossa primeira edição do ProCap Interior. Já a capital segue otimista com os planos de realizar seu belíssimo Réveillon”, afirma Alfredo Lopes, presidente do HotéisRIO e do Conselho da ABIH-RJ.

Por Arteiras Comunicação – Fernando de Moraes