Atriz e cantora Isabel Fillardis, que integrou o trio ‘As Sublimes’ nos anos 90, lança single solo nesta semana

Considerada inspiração para a juventude negra da década de 90, sexy simbol e artista presente em diversos editoriais de moda e publicidade, integrante de várias novelas e séries na televisão, primeira negra brasileira a ser capa da revista ‘Playboy’. Estamos falando de Isabel Fillardis, atriz e cantora que lança nesta quinta-feira, dia 9 de setembro, o single ‘O meu lugar’, primeira música de seu EP ‘Bel, muito prazer’.

Isabel tinha uma carreira de sucesso como modelo, estampando sua imagem em revistas e jornais, além de estar presente em várias campanhas publicitárias. Conquistou fama nacional com sua estreia na novela ‘Renascer’, de Benedito Rui Barbosa, no horário nobre da Rede Globo de Televisão.

Quase que simultaneamente lançou o primeiro álbum do trio musical ‘As Sublimes’, ao lado de Karla Prietto e Lilian Valeska. O trio, inspirado no ‘The Supremes’ (de Diana Ross, Mary Wilson e Florence Ballard), teve seu primeiro videoclipe ‘Boneca de Fogo’, lançado pelo programa ‘Fantástico’, tornou-se um marco de referência para as meninas negras do Brasil inteiro, conquistou as melhores posições das rádios e passou a ser presença constante em programas de televisão.

Um ano e pouco depois, Isabel deixou As Sublimes, que seguiram seu caminho com a substituta, Flávia Santana e, em 2021, foi lançada uma nova formação, contando com Ciça Reis, Dudda Olive e Jess Araújo. Enquanto Isabel trilhava seu caminho de sucesso em diversas novelas e no cinema.

A saída da Isabel foi ocasionada exatamente pelo conflito de sua vasta agenda profissional, que de alguma forma a fez se afastar por um tempo de gravações musicais. Anos depois ela retornou à música, conciliando a carreira de atriz e cantora em espetáculos musicais, dentre eles ‘Lapinha – o musical’, no qual ela atua, canta e também produz.

Atualmente integrando o elenco da novela Gênesis, da RecordTV, Isabel lançou seu show ‘refeita’ em agosto deste ano, no ‘Afrofuturistic’ e, para a empolgação dos fãs espalhados pelo Brasil, ela retorna à cena musical em carreira solo com uma música que reflete exatamente o momento que resultou da reflexão, do desenvolvimento e da superação. Um renascimento após vencer tantos obstáculos, dentre eles um câncer na língua, em 2014.

Que este renascimento se torne uma marca de inspiração para todos os fãs, que vibram com o retorno de Isabel Fillardis à música.

Por Emiliano Macedo | Cenário Cult