Caso Lelo: esposa e amante acusados de matar arquiteto vão a júri popular nesta segunda em São Sebastião

O ex-funcionário público Robson de Souza, o “Kero-Kero”, e a bacharel em Direito Paula Regina Martins Sant’anna, acusados do assassinato do arquiteto Wesley Augusto Sant’anna, o Lelo, em 6 de outubro de 2018, irão a júri popular nesta segunda-feira (27/9), no Fórum de São Sebastião. O julgamento será às 10h. A informação foi confirmada pelo advogado da família da vítima.

A previsão é que o julgamento dure cerca de 10 horas. Não será permitida a presença de público. 

Lelo foi morto enquanto dormia com golpes na cabeça por objeto perfurante. O crime ocorrido no dia 6 de outubro de2018 chocou todo o Litoral Norte e teve repercussão nacional.

Paula Regina era esposa da vítima, com quem teve duas filhas. “Kero-Kero” era amigo da família e também seu amante. Ela foi presa no dia 31 de dezembro de 2018, véspera de ano novo, após mandado de prisão expedido pela justiça.

“Kero-Kero” já havia sido preso. Ele se entregou à polícia no dia 6 de novembro de 2018. Desde então, ambos estão presos.

Lelo foi presidente do Rotary Club de São Sebastião e era ex-policial militar. Ele ocupava cargo de chefe da Divisão de Obras Particulares da Prefeitura.

O caso

Conforme reportagens do Radar Litoral à época, no relatório enviado ao MP constam vários trechos de conversas trocadas entre Paula e “Kero-Kero”, nos quais de acordo com a investigação policial, comprovam que mantinham um caso extraconjugal. Os telefones celulares passaram por perícia. Em uma das conversas, Paula Regina diz o seguinte: “eu sei que vc está desesperado, eu entendo vc; morro de dor no coração, mas preciso que me entenda também; olha só, não se preocupe, eu quero ficar com você, pra isso, vai ter que acontecer”.

Ainda na conversa, conforme o relatório policial, ela continua: “então tenha calma, eu vou te ajudar, mas não é pra ontem, tenha calma. O mais importante é eu querer ficar com vc e saber que pra isso as coisas vão ter que acontecer”.

Nas mensagens enviadas por WhatsApp também foram constatadas diversas “fotos íntimas” enviadas por Paula Regina a Robson de Souza. Posteriormente, após mandado de busca, foram apreendidas lingeries que condizem com as constantes nas imagens.

A noite do crime

A investigação mostra que na noite de 5 de outubro, poucas horas antes do crime, “Kero-Kero” ligou dez vezes para Paula Regina. A primeira ligação às 22h09 e a última às 23h50.

No relatório do inquérito policial, o delegado salienta que na noite do crime Paula Regina deixou uma das filhas na casa de sua mãe e permaneceu com a outra em sua companhia, na tentativa de produzir álibi.

Durante o dia, “Kero-Kero” e Wesley Sant’anna estiveram juntos em um bar da região central da cidade até por volta das 22h. Pouco depois, Wesley seguiu de moto pra casa, enquanto “Kero-Kero” seguia para próximo à casa.

Câmeras do COI registraram o veículo estacionado próximo ao ginásio de esportes, no Varadouro, a cerca de 100 metros da residência da vítima. Neste local, ele permaneceu por cerca de quatro horas.

Também no inquérito, Paula Regina diz em depoimento que ao chegar em casa Lelo ingeriu mais duas cervejas e juntos comeram comida japonesa e que o marido permaneceu na sala assistindo TV. Paula Regina disse em depoimento que foi acordada por volta das 2h30 pela filha, que disse ter ouvido sons na parte inferior da casa. Relata que preocupou-se em fazer a filha dormir e somente após meia hora desceu e chamou vizinhos. Lelo foi morto com golpes na cabeça, tendo sido utilizado objeto perfurante.

Retirada de dinheiro no banco

De acordo com a investigação policial, dois dias após a morte violenta do esposo, Paula Regina, utilizando dos cartões e senha pessoal de Wesley Augusto, promoveu indevidamente a transferência de R$ 15 mil da conta dele para a dela própria, movimentando ainda no tempo de tramitação do inquérito a quantia superior a R$ 30 mil. Três dias decorridos do crime, Paula Regina outorgou procuração a advogado para a abertura do processo de inventário. Ela foi indiciada por participação no crime no dia 20 de dezembro.

Por Radar Litoral

We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. We also share information about your use of our site with our social media, advertising and analytics partners. View more
Cookies settings
Accept
Privacy & Cookie policy
Privacy & Cookies policy
Cookie name Active

Who we are

Our website address is: http://agazetarm.com.br.

What personal data we collect and why we collect it

Comments

When visitors leave comments on the site we collect the data shown in the comments form, and also the visitor’s IP address and browser user agent string to help spam detection.

An anonymized string created from your email address (also called a hash) may be provided to the Gravatar service to see if you are using it. The Gravatar service privacy policy is available here: https://automattic.com/privacy/. After approval of your comment, your profile picture is visible to the public in the context of your comment.

Media

If you upload images to the website, you should avoid uploading images with embedded location data (EXIF GPS) included. Visitors to the website can download and extract any location data from images on the website.

Contact forms

Cookies

If you leave a comment on our site you may opt-in to saving your name, email address and website in cookies. These are for your convenience so that you do not have to fill in your details again when you leave another comment. These cookies will last for one year.

If you visit our login page, we will set a temporary cookie to determine if your browser accepts cookies. This cookie contains no personal data and is discarded when you close your browser.

When you log in, we will also set up several cookies to save your login information and your screen display choices. Login cookies last for two days, and screen options cookies last for a year. If you select "Remember Me", your login will persist for two weeks. If you log out of your account, the login cookies will be removed.

If you edit or publish an article, an additional cookie will be saved in your browser. This cookie includes no personal data and simply indicates the post ID of the article you just edited. It expires after 1 day.

Embedded content from other websites

Articles on this site may include embedded content (e.g. videos, images, articles, etc.). Embedded content from other websites behaves in the exact same way as if the visitor has visited the other website.

These websites may collect data about you, use cookies, embed additional third-party tracking, and monitor your interaction with that embedded content, including tracking your interaction with the embedded content if you have an account and are logged in to that website.

Analytics

Who we share your data with

How long we retain your data

If you leave a comment, the comment and its metadata are retained indefinitely. This is so we can recognize and approve any follow-up comments automatically instead of holding them in a moderation queue.

For users that register on our website (if any), we also store the personal information they provide in their user profile. All users can see, edit, or delete their personal information at any time (except they cannot change their username). Website administrators can also see and edit that information.

What rights you have over your data

If you have an account on this site, or have left comments, you can request to receive an exported file of the personal data we hold about you, including any data you have provided to us. You can also request that we erase any personal data we hold about you. This does not include any data we are obliged to keep for administrative, legal, or security purposes.

Where we send your data

Visitor comments may be checked through an automated spam detection service.

Your contact information

Additional information

How we protect your data

What data breach procedures we have in place

What third parties we receive data from

What automated decision making and/or profiling we do with user data

Industry regulatory disclosure requirements

Save settings
Cookies settings