Lei Estadual de Turismo é assunto de destaque durante a reunião do Conselho Estadual de Turismo no Rio

O documento, que será enviado para a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, será a primeira lei direcionada exclusivamente ao setor

A minuta do projeto da Lei Estadual de Turismo foi amplamente discutida durante a reunião do Conselho Estadual de Turismo do Rio de Janeiro – CET – na manhã desta terça-feira, 31/09. O encontro, que aconteceu na sede da Fecomércio-RJ, reuniu representantes públicos e privados da atividade turística, com a missão de fomentar o desenvolvimento sustentável do segmento. Na ocasião, foram apresentados também o Calendário da Virada e campanhas promocionais visando a alta temporada.

A Lei Estadual de Turismo, que será enviado ainda este ano para a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ), foi o tema principal da reunião do CET. A minuta do projeto de lei prevê estratégias e prioridades para o setor e foi apresentada pelo secretário de estado de Turismo, Gustavo Tutuca.

– Tenho certeza de que essa lei será um marco para o desenvolvimento e integração. É a primeira vez que o Estado do Rio de Janeiro terá uma lei direcionada para o setor e, por isso, estamos trabalhando para que ela seja sancionada o mais breve possível. A opinião de todos que compõem este Conselho é fundamental. O nosso maior objetivo é criar um ambiente de políticas públicas que resulte na atração de mais turistas para o Estado, e com isso fomentar a economia e a geração de empregos.

O documento institui uma política estadual de turismo para consolidar estratégias e prioridades. O objetivo é de apoiar o planejamento, a gestão e a promoção do setor nos municípios fluminenses, visando o desenvolvimento sustentável integrado ao setor. A Lei traça os princípios e os objetivos da Política Estadual, direciona os instrumentos da Política Estadual e institui o Sistema Estadual de Turismo. A regionalização do turismo e o fortalecimento dos municípios e das regiões turísticas também constam do documento. A Lei institui ainda o Observatório do Turismo – Instância de Pesquisa para monitorar a rede da atividade turística no estado do Rio de Janeiro e o Fundo Estadual do Desenvolvimento do turismo (FUNDETUR).

Calendário de Eventos

Outro tema abordado foi o “Calendário da Virada”. Gustavo Tutuca disse que acredita que os eventos serão extremamente favoráveis para a retomada. O “Calendário da Virada” foi apresentado aos conselheiros durante a reunião. Nele constam 30 projetos esportivos e 23 culturais, previstos para começarem a ser realizados no início de novembro deste ano e seguindo até o final de 2022. Entre os eventos esportivos destaque para a Copa Rio de Futebol de Praia, Desafio Carioca de Kitesurf e Circuito Volta da Lagoa de Araruama de Ciclismo. O Natal Imperial de Petrópolis, o Rio Bossa Nova e o Encontro de Moto Clubes RJ estão selecionados entre os eventos culturais. O secretário ressaltou ainda que haverá o resgate das feiras agropecuárias, festas que movimentam a cadeia produtiva de vários municípios e geram emprego e renda para milhares de pessoas.

Campanhas promocionais

Durante o encontro do CET foram apresentadas as próximas campanhas promocionais da Setur-RJ para o segundo semestre. “O Rio continua Lindo e Perto” é direcionada a alguns estados e cidades que, tradicionalmente, são grandes emissores de turistas para a Capital e interior. São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, Belo Horizonte, Goiânia e Distrito Federal são os alvos da campanha. Além de ações direcionadas ao público final, haverá eventos específicos para agentes de viagens, operadores, influenciadores e imprensa.

Já o “Viaje no RJ”, que terá R$12 milhões de investimento em campanha direcionada à alta temporada, com vistas ao verão, tem como objetivos apresentar a diversidade do interior fluminense, mostrar que o Estado do Rio de Janeiro é seguro e que segue os protocolos do Turismo Consciente RJ.

Por Ascom