Ana Alice e André Monteiro: agressão, ataques, e Câmara de Aparecida, SP refém de guerra particular

Ação, flagrada em vídeo ao vivo no Facebook, mostra confronto entre Ana Alice e André Monteiro; demora de comissões gerou novo atrito

Presidente da Câmara de Aparecida, Ana Alice, é acusada de agressão  após sessão marcada com confusões (Foto: Arquivo Atos)

A política de Aparecida teve mais um episódio polêmico nesta segunda-feira (18). A presidente da Câmara de Aparecida, Ana Alice Braga Vieira (Podemos), agrediu o vice-presidente da Casa, André Monteiro, o Padrinho (Patriota), após sessão marcada por novas discussões entre os parlamentares. Toda discussão foi flagrada e transmitida em uma live no Facebook.

A confusão começou durante a sessão, quando a chefe do parlamento alegou que 12 projetos aguardam os pareceres das comissões permanentes para entrar em pauta, entre eles, propostas de urgência do Executivo, que pedem remanejamento de verbas para o pagamento dos funcionários públicos. Monteiro é presidente da Comissão de Justiça e Redação, acusado de atrasar o trâmite no Legislativo.

Após o debate no plenário, o parlamentar seguiu na Casa e garantiu à reportagem do Jornal Atos que teria iniciado a transmissão após o filho da presidente, que estava na porta da Câmara, ameaçá-lo. “No momento da live estava ligando para Polícia Militar para que eu pudesse resguardar a minha segurança, e infelizmente vim a sofrer essa agressão por parte da presidente, não só ameaça, mas agressão de fato”, contou.

Ainda segundo Monteiro, o caso será encaminhado à Justiça. “Registrei um boletim de ocorrência, fiz exame de corpo de delito e pretendo levar para as vias judiciais agora”, completou o vereador.

A reportagem entrou em contato com a chefe do Legislativo. Questionada sobre a agressão, Ana Alice disse que Monteiro “gosta de atormentar mulheres” e que também vai processar o vice. “Ele começou a me filmar e eu não queria que fosse filmada. Ele é ‘um marica’ (sic), é um covarde, eu vou enfrentar o André! Eu não fui agredir nada, ele se doeu lá, mas foi uma coisa inventada, entendeu? Se fez de agredido para se fazer de vítima. É um covarde, é isso que ele é” afirmou Ana Alice em tom forte.

Vice-presidente participa de encontro polêmico com possível agressão (Foto: Reprodução CMA)

Mesmo alegando que não o agrediu, o vídeo publicado por Monteiro mostra Ana Alice tentando tirar da mão dele o celular. Acuado, o parlamentar subiu as escadas da entrada do salão de entrada da Câmara e ao plenário, onde a confusão prosseguiu aos gritos. “Correndo de mulher, tá com medão (sic)”, provocou Ana Alice, que desferiu tapas no braço de André Monteiro.
“Socorro! Estou sendo agredido. Aciona o 190, vocês estão loucos. A senhora bateu em mim”, acusou o vereador.
“Bati e vou bater na sua cara, seu vagabundo”, respondeu a presidente.

Funcionários, guardas da GCM (Guarda Civil Militar de Aparecida) e assessores separaram os parlamentares.

Histórico – Em agosto deste ano, Monteiro encaminhou uma representação contra a chefe do Legislativo, dando início ao processo para destituição da parlamentar do cargo. Ana Alice foi acusada de não convocar os secretários de Obras e Saúde, solicitadas por requerimentos aprovados na Câmara.

Em 16 de agosto, o próprio parlamentar retirou de pauta o projeto de resolução que pedia a destituição da vereadora do cargo de presidente do Legislativo, após o secretário de Obras, Ricardo Alessandro Henrique da Silva, comparecer ao plenário para responder as perguntas dos parlamentares.

No dia 20 de setembro, 5 dos 9 parlamentares abandonaram o plenário após um dos projetos, que seria votado, não ser colocado na pauta por Ana Alice. A expectativa era votar a antecipação da eleição à mesa diretora da Casa.

Sete dias depois, uma sessão extraordinária foi realizada e foi aprovada a antecipação das eleições da mesa. O caso foi judicializado e segue sem definição.

Por Marcelo Augusto dos Santos | Jornal Atos

We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. We also share information about your use of our site with our social media, advertising and analytics partners. View more
Cookies settings
Accept
Privacy & Cookie policy
Privacy & Cookies policy
Cookie name Active

Who we are

Our website address is: http://agazetarm.com.br.

What personal data we collect and why we collect it

Comments

When visitors leave comments on the site we collect the data shown in the comments form, and also the visitor’s IP address and browser user agent string to help spam detection.

An anonymized string created from your email address (also called a hash) may be provided to the Gravatar service to see if you are using it. The Gravatar service privacy policy is available here: https://automattic.com/privacy/. After approval of your comment, your profile picture is visible to the public in the context of your comment.

Media

If you upload images to the website, you should avoid uploading images with embedded location data (EXIF GPS) included. Visitors to the website can download and extract any location data from images on the website.

Contact forms

Cookies

If you leave a comment on our site you may opt-in to saving your name, email address and website in cookies. These are for your convenience so that you do not have to fill in your details again when you leave another comment. These cookies will last for one year.

If you visit our login page, we will set a temporary cookie to determine if your browser accepts cookies. This cookie contains no personal data and is discarded when you close your browser.

When you log in, we will also set up several cookies to save your login information and your screen display choices. Login cookies last for two days, and screen options cookies last for a year. If you select "Remember Me", your login will persist for two weeks. If you log out of your account, the login cookies will be removed.

If you edit or publish an article, an additional cookie will be saved in your browser. This cookie includes no personal data and simply indicates the post ID of the article you just edited. It expires after 1 day.

Embedded content from other websites

Articles on this site may include embedded content (e.g. videos, images, articles, etc.). Embedded content from other websites behaves in the exact same way as if the visitor has visited the other website.

These websites may collect data about you, use cookies, embed additional third-party tracking, and monitor your interaction with that embedded content, including tracking your interaction with the embedded content if you have an account and are logged in to that website.

Analytics

Who we share your data with

How long we retain your data

If you leave a comment, the comment and its metadata are retained indefinitely. This is so we can recognize and approve any follow-up comments automatically instead of holding them in a moderation queue.

For users that register on our website (if any), we also store the personal information they provide in their user profile. All users can see, edit, or delete their personal information at any time (except they cannot change their username). Website administrators can also see and edit that information.

What rights you have over your data

If you have an account on this site, or have left comments, you can request to receive an exported file of the personal data we hold about you, including any data you have provided to us. You can also request that we erase any personal data we hold about you. This does not include any data we are obliged to keep for administrative, legal, or security purposes.

Where we send your data

Visitor comments may be checked through an automated spam detection service.

Your contact information

Additional information

How we protect your data

What data breach procedures we have in place

What third parties we receive data from

What automated decision making and/or profiling we do with user data

Industry regulatory disclosure requirements

Save settings
Cookies settings