Câmara aprova criação do Conselho da Mulher em Roseira, SP

Proposta é garantir apoio para auxiliar mulheres a conhecer seus direitos e combater a violência

Violência contra a mulher, que tem Conselho Municipal dos Direitos da Mulher para defender pautas sociais femininas (Foto: Arquivo Atos)

A Câmara de Roseira aprovou na última semana a criação do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, proposta encaminhada pela Prefeitura e que tem como objetivos principais a defesa de pautas de interesses sociais femininos, como o combate à violência doméstica, psicológica e física. Com a aprovação, o Município parte para a formação de um Conselho, que pode contar com representantes do Executivo, Legislativo e da sociedade.

A aprovação unânime colocou Roseira no grupo de cidades que criaram ferramentas para auxiliar as mulheres a conhecerem seus direitos e para combater todo tipo de violência, como as vizinhas Guaratinguetá, Lorena e Cruzeiro. Para a presidente da Câmara, Maria Cecília ‘Filha do Bispo’ (PSDB), o Conselho é essencial para garantir o apoio à fatia feminina da sociedade. “A gente entende que o Conselho vai auxiliar e amparar a mulher no enfrentamento das dificuldades, ou seja, entendemos que as mulheres sofrem violência doméstica, psicológica, física. Sabemos que existe um leque que envolve a violência e temos essa certeza que o conselho vai trabalhar para que essa violência não exista, seja extinta”, exaltou.

Com a criação, a vereadora entende que possa haver um fortalecimento na criação de políticas públicas municipais específicas para as mulheres, assim como a inclusão de Roseira em programas sociais em níveis estadual e federal.

Hoje, o Município tem duas vereadoras, dos nove parlamentares eleitos. Para a presidente da Casa, é necessário que a mulher participe da política para ter voz na construção de programas e projetos de interesse coletivo feminino. “Vejo e defendo a presença da mulher em todos os aspectos e setores, inclusive no que diz respeito no trabalho político. Lugar da mulher é onde ela quer e eu entendo e defendo essa frase. A presença da mulher na política é a oportunidade de ela ter voz ativa e ser protagonista também nas decisões das políticas públicas”, concluiu.

Aprovado em plenário, o projeto de lei retorna para a Prefeitura de Roseira e deve ser sancionado nos próximos dias. Após a sanção, uma reunião inicial deve ser marcada para convocar candidatas a fazerem parte do Conselho.

Preocupante – Um levantamento do Instituto Sou da Paz apontou que o número de ocorrências de agressões e homicídios contra as mulheres cresceram no estado de São Paulo durante os primeiros seis meses de 2021.

O estudo fez uma comparação com o mesmo de período do ano passado, destacando que, de janeiro a junho de 2020, foram 196 homicídios e feminicídios (crime motivado pelo simples fato da vítima ser mulher) contra 201 neste ano, uma alta de 2,6%. O mesmo estudo indica uma alta de 5,4% no número de agressões, que subiu de 24.069 para 25.366.

Entre os serviços disponíveis para tentar inibir ações criminosas contra mulheres, o Estado disponibiliza o serviço online por meio do site www.sosmulher.sp.gov.br.

Por Leandro Oliveira | Jornal Atos

We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. We also share information about your use of our site with our social media, advertising and analytics partners. View more
Cookies settings
Accept
Privacy & Cookie policy
Privacy & Cookies policy
Cookie name Active

Who we are

Our website address is: http://agazetarm.com.br.

What personal data we collect and why we collect it

Comments

When visitors leave comments on the site we collect the data shown in the comments form, and also the visitor’s IP address and browser user agent string to help spam detection.

An anonymized string created from your email address (also called a hash) may be provided to the Gravatar service to see if you are using it. The Gravatar service privacy policy is available here: https://automattic.com/privacy/. After approval of your comment, your profile picture is visible to the public in the context of your comment.

Media

If you upload images to the website, you should avoid uploading images with embedded location data (EXIF GPS) included. Visitors to the website can download and extract any location data from images on the website.

Contact forms

Cookies

If you leave a comment on our site you may opt-in to saving your name, email address and website in cookies. These are for your convenience so that you do not have to fill in your details again when you leave another comment. These cookies will last for one year.

If you visit our login page, we will set a temporary cookie to determine if your browser accepts cookies. This cookie contains no personal data and is discarded when you close your browser.

When you log in, we will also set up several cookies to save your login information and your screen display choices. Login cookies last for two days, and screen options cookies last for a year. If you select "Remember Me", your login will persist for two weeks. If you log out of your account, the login cookies will be removed.

If you edit or publish an article, an additional cookie will be saved in your browser. This cookie includes no personal data and simply indicates the post ID of the article you just edited. It expires after 1 day.

Embedded content from other websites

Articles on this site may include embedded content (e.g. videos, images, articles, etc.). Embedded content from other websites behaves in the exact same way as if the visitor has visited the other website.

These websites may collect data about you, use cookies, embed additional third-party tracking, and monitor your interaction with that embedded content, including tracking your interaction with the embedded content if you have an account and are logged in to that website.

Analytics

Who we share your data with

How long we retain your data

If you leave a comment, the comment and its metadata are retained indefinitely. This is so we can recognize and approve any follow-up comments automatically instead of holding them in a moderation queue.

For users that register on our website (if any), we also store the personal information they provide in their user profile. All users can see, edit, or delete their personal information at any time (except they cannot change their username). Website administrators can also see and edit that information.

What rights you have over your data

If you have an account on this site, or have left comments, you can request to receive an exported file of the personal data we hold about you, including any data you have provided to us. You can also request that we erase any personal data we hold about you. This does not include any data we are obliged to keep for administrative, legal, or security purposes.

Where we send your data

Visitor comments may be checked through an automated spam detection service.

Your contact information

Additional information

How we protect your data

What data breach procedures we have in place

What third parties we receive data from

What automated decision making and/or profiling we do with user data

Industry regulatory disclosure requirements

Save settings
Cookies settings