PM de Três Corações prendem suspeitos de latrocínio de taxista

A Polícia Militar fez rastreamento em busca dos autores do crime e identificou, por meio de câmeras de segurança próximas a rodoviária da cidade quem seria o homem que entrou no táxi de Sérgio Victor Firmino de 51 anos. Ainda de acordo com a PM, os militares descobriram que os suspeitos teriam abastecido o carro roubado da vítima em Luminárias e que fugiram sem pagar. Foi feito um cerco na região.

Os bandidos estavam seguindo por uma estrada rural para São Tomé das Letras quando avistaram as viaturas. Houve perseguição e segundo a Polícia Militar os criminosos fugiram por um cafezal e desapareceram. Foi preciso acionar o helicóptero da PM para intensificar as buscas e depois de algum tempo três homens foram encontrados no mato e conduzidos à delegacia.

O Crime

Segundo a Polícia Militar um dos bandidos teria pedido uma corrida para Sérgio dizendo que precisava ir até Carmo da Cachoeira. O taxista seguiu até a cidade onde outro individuo teria entrado no veículo.

Os dois suspeitos, ainda segundo os militares, pediram para que o motorista voltasse para Três Corações e durante o trajeto anunciaram o assalto usando réplicas de arma de fogo.

Os criminosos teriam tomado o telefone de vítima e começaram a mandar mensagens de áudio pelo WhatsApp para colegas do taxista, se passando pelo motorista, pedindo para que eles transferissem dinheiro via pix por que estava sem dinheiro e precisava abastecer o carro.

Desconfiados com o pedido e com a voz dos bandidos, os taxistas acionaram a PM. Ainda segundo os militares a vítima foi agredida com socos e pontapés e morta com um trauma na cabeça.

O corpo de Sérgio foi abandonado sem roupas, na estrada rural entre Carmo da Cachoeira e Três Corações. A Polícia encontrou a vítima já sem vida e iniciou o rastreamento. Outros dois suspeitos teriam entrado no carro após o homicídio e seguido com os comparsas para Luminárias.

A polícia segue em rastreamento em busca da um dos homens que ainda não foi localizado. Os outros três foram conduzidos em flagrante para a delegacia.

Fotos: Redes Sociais