Por falta de projetos eficazes, vereadores de Queluz votam e aprovam Projeto de Lei que exige comprovante de carteira de vacinação contra Covid-19 para acessar prédios públicos

Em sessão de Câmara realizada na manhã de ontem (05) em Queluz, foi votado e aprovado o Projeto de Lei n° 26/21 de autoria do vereador e presidente do Legislativo, Carlos Gonçalves Soares e de Matheus José Lopes de Carvalho, que dispõe sobre a apresentação de carteira de vacinação contra a Covid-19 atualizada para acessar prédios públicos.

Nossa reportagem conversou com especialistas e infeciologistas sobre o projeto estabelecidos. Esses profissionais disseram que a Lei é necessária, mas se será cumprida isso não é garantido.

Pois, alguns servidores públicos não tomaram nem a primeira dose, e como a Lei poderá ser imposta a população.

“Tem que ser analisado e observado com muita atenção o projeto que estabelece comprovantes de vacinação que exige que os moradores adentrarem nos prédios públicos. Infelizmente tem funcionários que nem a primeira dose tomou. O projeto tinha que ser mais abrangente, não ser apenas de uma parcela que utiliza os prédios públicos, e sim de todos que ali também desempenham o seu trabalho”, comenta o infeciologista Rodolff Graciano.

Dos nove vereadores somente seis votaram a favor do Projeto, já que a cidade necessita no momento de demandas eficazes e vereadores atuantes que focam nas necessidades que assola o município.

“Fico indignado com tanta falta de serviço por parte de alguns vereadores daqui de Queluz, com tanta coisa acontecendo, tantas atitudes para serem tomadas, e eles pensam em Projeto de carteirinha de vacinação. Esse Projeto tinha que ser feito no início da pandemia não agora que graça a Deus estamos saindo dessa tormenta”, comenta uma moradora do Bairro da Palha que nossa redação entrou em contato por telefone.

Votaram a Favor:

Vereador Carlos Gonçalves Soares

Vereador Matheus José Lopes de Carvalho

Vereador Cláudio Márcio Bonfim

Vereador José Antônio Faria França

Vereadora Paula Elias da Silva

Vereador Paulo Sérgio Teixeira

Votaram Contra:

Vereadora Janaína Protetora

Vereador Diego Ribeiro

Vereador Márcio da Figueira

Obs.: Deixamos bem claro que somos a favor da vacinação, do comprovante da vacina, da vida e tudo que leve a segurança de todos. Apenas pensamos que esse Projeto não está bem elaborado, faltam diretrizes e foco a serem destacados. Não adianta pedir carteirinha de vacinação para prédios públicos, se bares, botecos, etc. não estão sendo fiscalizados pelo Projeto de Lei.

Por Redação | A Gazeta