ABPF recupera linha férrea em Cruzeiro

A ABPF (Associação Brasileira de Preservação Ferroviária) recebeu cerca de mil dormentes, que serão utilizados na continuidade das obras de recuperação da linha Férrea de Cruzeiro.

As peças foram doadas pela CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), e agora já estão à disposição da organização pra dar sequência aos trabalhos.

A linha Férrea em Cruzeiro já teve praticamente mais de 3 km de recuperação, e a expectativa é de que até o ano que vem, ela esteja pronta para uso, da estação no centro da cidade até a estação Rufino de Almeida.

A Prefeitura de Cruzeiro tem dado total apoio nessa empreitada, unindo esforços entre Poder Público, Iniciativa Privada e Sociedade Civil organizada.