Preste Atenção ao Transtorno do Déficit de Atenção, avança na Alesp

Duas comissões da ALESP aprovaram projeto sobre o acolhimento e atendimento às pessoas diagnosticadas com Transtorno do Déficit de Atenção – TDAH

Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo deu aval, nesta terça-feira (23/11), ao PL 325/2020, da deputada Leticia Aguiar (PSL), que obriga o Poder Executivo a criar programas de acolhimento e atendimento a pessoas com transtorno do déficit de atenção (TDAH).

Esta é a segunda comissão da ALESP a aprovar parecer favorável ao projeto, que protege pessoas com TDAH, em menos de 40 dias, em outubro a Comissão de Constituição, Justiça e redação aprovou o PL.

O Projeto de lei 325/2020 cria o Programa Preste Atenção, de acolhimento e atendimento às pessoas diagnosticadas com TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção), cujo objetivo é dar acolhimento social, atendimento na área da Saúde e acompanhamento na área de Educação para as pessoas diagnosticadas com Transtorno de Déficit de Atenção – TDAH.

De acordo com estudos científicos, 10% das crianças na idade pré-escolar apresentam sintomas de TDAH. Na idade escolar esse índice varia entre 4% e 5%, o que pode comprometer diretamente no desenvolvimento do aluno, caso não haja o acompanhamento adequado.

“Chegou a hora do Poder Público fazer algo. Não dá para ignorar milhares de famílias que fazem de tudo para que seus filhos diagnosticados com TDAH tenham educação de qualidade, atendimento e acompanhamento na área da Saúde para que os tratamentos não sejam paralisados por falta de vontade do Governo do Estado”, disse a deputadLeticia Aguiar

Leticia Aguiar comemorou o avanço do projeto de lei que dependerá apenas de aprovação na Comissão de Finanças e Orçamento para ser levado a votação em plenário: “Pouco mais de um mês depois da aprovação da CCJr, fico muito feliz que a Comissão de Saúde tenha entendido o alcance desta lei e aprovado com tamanha rapidez, meus agradecimentos aos colegas deputados da Comissão de Saúde. Agora é aguardar a análise da Comissão de Finanças e o entendimento dos líderes para que o projeto seja levado para votação em plenário”, disse a parlamentar.

Aprovaram o parecer do relator do projeto os deputados estaduais: Patricia Bezerra, José Américo (PT), Edmir Chedid (DEM), Edna Macedo (Republicanos), Professor Walter Vicioni (MDB) e Edson Giriboni (PV).

Comissões da ALESP dão celeridade aos projetos

No início de outubro as deputadas e os deputados membros da Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa de São Paulo aprovaram o parecer favorável ao Projeto de lei 325/2020, de autoria da deputada Leticia Aguiar, que obriga o Poder Executivo a criar o Programa Preste Atenção.

Os parlamentares membros da CCJr aprovaram o parecer favorável da deputada Marta Costa, cerca de 40 dias depois, os membros da Comissão da Saúde também aprovaram parecer favorável ao projeto. Antes de ser levado ao plenário, o projeto ainda deverá passar pela comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento (CFOP).

Isso demonstra que os deputados estaduais estão trabalhando arduamente e que as comissões temáticas da Assembleia Legislativa, mesmo com as sessões remotas (ou virtuais) tem agilizado a tramitação dos projetos na casa.

Déficit de Atenção: TDAH

O programa “Preste Atenção” estabelece que o Estado deverá criar uma rede de atendimento específica na área da Saúde para que as pessoas diagnosticadas com Transtorno de Déficit de Atenção – TDAH , sejam atendidas com prioridade, além da distribuição de medicamentos.

Disque Denúncia / Hospitais

Já a rede pública de Ensino deverá destinar professores auxiliares para atender aos alunos diagnosticados com TDAH na sala de aula, além de garantir ambiente separado dos demais estudantes para realização das provas.

Os professores receberão cursos de capacitação e aprimoramento para que possam atender adequadamente as demandas desses alunos.

A deputada Leticia Aguiar (foto) comemorou a aprovação nas comissões, e prometeu trabalhar pela aprovação em plenário:

“Estou muito feliz, demos mais um passo para que o projeto se torne lei.  É importantíssimo criar políticas públicas para acolher e atender as pessoas com TDAH, nas áreas da educação, psicologia, saúde, etc. Trabalharei para que o projeto seja aprovado o quanto antes”, concluiu a deputada Leticia Aguiar.

Por Eduardo Pandeló | Assessor de Imprensa

We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. We also share information about your use of our site with our social media, advertising and analytics partners. View more
Cookies settings
Accept
Privacy & Cookie policy
Privacy & Cookies policy
Cookie name Active

Who we are

Our website address is: http://agazetarm.com.br.

What personal data we collect and why we collect it

Comments

When visitors leave comments on the site we collect the data shown in the comments form, and also the visitor’s IP address and browser user agent string to help spam detection.

An anonymized string created from your email address (also called a hash) may be provided to the Gravatar service to see if you are using it. The Gravatar service privacy policy is available here: https://automattic.com/privacy/. After approval of your comment, your profile picture is visible to the public in the context of your comment.

Media

If you upload images to the website, you should avoid uploading images with embedded location data (EXIF GPS) included. Visitors to the website can download and extract any location data from images on the website.

Contact forms

Cookies

If you leave a comment on our site you may opt-in to saving your name, email address and website in cookies. These are for your convenience so that you do not have to fill in your details again when you leave another comment. These cookies will last for one year.

If you visit our login page, we will set a temporary cookie to determine if your browser accepts cookies. This cookie contains no personal data and is discarded when you close your browser.

When you log in, we will also set up several cookies to save your login information and your screen display choices. Login cookies last for two days, and screen options cookies last for a year. If you select "Remember Me", your login will persist for two weeks. If you log out of your account, the login cookies will be removed.

If you edit or publish an article, an additional cookie will be saved in your browser. This cookie includes no personal data and simply indicates the post ID of the article you just edited. It expires after 1 day.

Embedded content from other websites

Articles on this site may include embedded content (e.g. videos, images, articles, etc.). Embedded content from other websites behaves in the exact same way as if the visitor has visited the other website.

These websites may collect data about you, use cookies, embed additional third-party tracking, and monitor your interaction with that embedded content, including tracking your interaction with the embedded content if you have an account and are logged in to that website.

Analytics

Who we share your data with

How long we retain your data

If you leave a comment, the comment and its metadata are retained indefinitely. This is so we can recognize and approve any follow-up comments automatically instead of holding them in a moderation queue.

For users that register on our website (if any), we also store the personal information they provide in their user profile. All users can see, edit, or delete their personal information at any time (except they cannot change their username). Website administrators can also see and edit that information.

What rights you have over your data

If you have an account on this site, or have left comments, you can request to receive an exported file of the personal data we hold about you, including any data you have provided to us. You can also request that we erase any personal data we hold about you. This does not include any data we are obliged to keep for administrative, legal, or security purposes.

Where we send your data

Visitor comments may be checked through an automated spam detection service.

Your contact information

Additional information

How we protect your data

What data breach procedures we have in place

What third parties we receive data from

What automated decision making and/or profiling we do with user data

Industry regulatory disclosure requirements

Save settings
Cookies settings