Suspeito de matar a ex-companheira carbonizada é preso pela Polícia Civil em Alfenas, MG

 Foto: Divulgação / Polícia Civil

A Polícia Civil de Minas Gerais cumpriu um mandado de prisão temporária contra um homem de 34 anos, suspeito de incendiar um barracão e provocar a morte da ex-companheira em Alfenas (MG). O crime aconteceu no dia 18 de agosto deste ano e o homem foi preso nesta terça-feira (23).

As investigações tiveram início assim que o corpo da vítima de 43 anos foi encontrado. A Polícia Civil realizou uma série de levantamentos investigativos, com provas de testemunhas e da perícia, que concluíram no homicídio.

Segundo a polícia, as apurações indicaram que o suspeito, que chegou a negar os fatos, manteve um relacionamento com a vítima por aproximadamente 16 anos.

O mandado de prisão foi expedido pela Justiça e cumprido por policiais civis da Delegacia de Homicídios, com apoio da Polícia Militar. As investigações prosseguem para apurar se houve participação de outros indivíduos no crime.