Casas de recuperação de dependentes químicos terão apoio financeiro com a criação de um novo programa social

O projeto de lei 363/22 de autoria do Deputado Federal Darci de Matos, aumenta de 1 para 2% a dedução no imposto de renda sobre doações aos programas sociais já existentes e cria o PRONDEQUI (Programa Nacional de Apoio Dependente Químico), que também será beneficiado pela medida.

O novo programa será importante para viabilizar e aperfeiçoar o tratamento e recuperação dos dependentes químicos. As casas de recuperação estão “de pires na mão” atrás de recursos e com este aumento no percentual na dedução do imposto de renda haverá um crescimento nos incentivos fiscais destinados aos três programas sociais, Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON), Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS/PCD) e o Programa Nacional de Apoio Dependente Químico (PRONDEQUI