Paratletas e treinador de Taubaté, SP são convocados para representar o Brasil no GP de Paratletismo de Marrakech

Três representantes do time de Paratletismo da equipe do Programa Esporte Para Todos, da Prefeitura de Taubaté, foram convocados esta semana pelo Comitê Paralímpico Brasileiro para compor a delegação brasileira que disputará o Open Grand Prix de Marrakech, no Marrocos.

A importante competição internacional em solo africano será disputada de 15 a 17 de setembro, e reunirá paratletas de alto nível, especialmente da África e da Europa.

Com o cancelamento do Campeonato Mundial de Paratletismo deste ano, que aconteceria no Japão, as etapas do Open Grand Prix espalhadas pelo mundo ganharam muita força. E não será diferente na competição em Marrakech.

Os taubateanos André Rocha (classe F52) e Alessandro da Silva (classe F11), disputarão pela segunda vez uma etapa do Open GP no exterior em 2022. A dupla defendeu o Brasil na edição de Paris, na França, disputada em maio.

Na ocasião, o meeting francês foi de muito sucesso para os paratletas de Taubaté. Alessandro da Silva além de faturar dois Ouros – no Lançamento de Disco e no Arremesso de Peso -, quebrou o Recorde Mundial do Disco, com 46,24m.

André Rocha, que este ano voltou ao circuito de competições nacionais e internacionais, disputará seu segundo Grand Prix em solo estrangeiro nesta temporada. Em maio, ele disputou o GP de Paris onde conquistou um Bronze no Arremesso de Peso.

Agora em solo africano, André vai desembarcar com uma meta muito clara: a busca pelo índice para o Campeonato Mundial de 2023 na prova do Lançamento de Disco, na qual ele é o atual líder do Ranking Mundial na classe F52.

Quem estará estreando como membro da comissão técnica da Seleção Brasileira de Paratletismo é o treinador Diego Cascardo. Hoje com 33 anos, Cascardo iniciou no Programa Esporte Para Todos como estagiário e posteriormente passou a compor a comissão técnica como treinador.

Em 2022, assumiu como treinador principal da equipe de Paratletismo de Taubaté e hoje trabalha com os lançadores e arremessadores taubateanos, incluindo André Rocha e Alessandro da Silva.