LITORAL

Ilhabela define Corte Momesca e ordem dos Desfiles das Escolas de Samba para Carnaval 2024

O fim de semana em Ilhabela (1º, 2 e 3) foi marcado pelas comemorações do Dia do Samba. Quem passou pelo pelo Novo Campo do Galera nos três dias do evento, pode ter uma mostra do que será a folia de momo no arquipélago em 2024.

A nova Corte Momesca, responsável por comandar os festejos carnavalescos, foi escolhida após uma disputa acirrada entre 12 concorrentes. Diego Ambrósio, o Dieguinho da Unidos de Padre Anchieta, foi eleito Rei Momo, Carol Silva, representante da escola de samba Mocidade Independente de Ilhabela, foi eleita Rainha e, mostrando que o samba não tem fronteiras, a argentina Raisa Encina, da Unidos do Garrafão, será a Princesa.

No 1º dia de evento, o prefeito Toninho Colucci reforçou o compromisso do seu governo com o Carnaval de Ilhabela e lembrou que a data fora de época permite mais mobilidade para moradores e turistas e menos transtornos, principalmente na Vila, Centro Histórico da cidade, além de garantir uma melhor organização do evento e oferecer um atrativo a mais para que mais pessoas possam visitar a ilha e conhecer o talento das agremiações locais.

O show do cantor Mumuzinho, no Dia do Samba (2), foi um dos pontos altos da festa. O artista levantou o público com seus sucessos e também com grandes clássicos do ritmo tradicional brasileiro.

O último dia da programação foi marcado pela apresentação das baterias e definição da ordem dos desfiles das Escolas de Samba. A Água na Boca abre o desfile, seguida pela Unidos de Padre Anchieta, Mocidade Independente de Ilhabela, Acadêmicos Leões do Ita e a atual campeã, Unidos do Garrafão.

Por Assessoria de Imprensa Prefeitura de Ilhabela