Destaque PequenoSul Fluminense

Policlínica Municipal de Itatiaia será totalmente revitalizada

Com objetivo de oferecer um atendimento com mais qualidade e um serviço de saúde mais humanizado e eficiente, terá início na próxima terça-feira (26) as obras de reforma da Policlínica Municipal, localizada no centro da cidade. De acordo com a Secretaria de Saúde de Itatiaia a unidade será totalmente revitalizada, ganhando mais estrutura e conforto para moradores e profissionais de saúde.

A revitalização da unidade compreenderá a reforma estrutural do prédio com readequação dos ambientes para otimização dos espaços e acessibilidade.

– A unidade será totalmente revitalizada, vamos reestruturar toda a rede elétrica para implantarmos prontuários eletrônicos, e teremos ainda novas salas, uma recepção ampliada, área para crianças, etc. A população deseja e merece essa reforma, a saúde em nossa cidade é uma prioridade e não medimos esforços para aprimorá-la diariamente – disse o secretário de Saúde, Luiz Eduardo Saldanha, acrescentando que a previsão é que a obra seja finalizada em torno de um mês e meio.

Atualmente, a Policlínica tem 44 médicos atendendo durante a semana, uma circulação em média de 200 a 250 usuários por dia. Este ano, a unidade ganhou reforço na equipe com mais 12 médicos, entre eles, cardiologista, hematologista, infectologista, pneumologista, neuropediatra e neurocirurgião.  

Provisoriamente, todos os atendimentos, exceto a sala de vacina, serão realizados no Centro Municipal de Educação Especial Nalbert William Ribeiro, localizado na Rua Santa Cruz, no bairro Vila Odete. Luiz Saldanha destaca que a partir de março de 2024, em parceria com a Secretaria de Educação, terão início os atendimentos no centro de educação especial.

– Após a reforma da policlínica, vamos manter uma equipe multidisciplinar no centro de educação especial e começar os atendimentos para alunos especiais – explicou.

Vacinação em novo local

Após o recesso de fim de ano, a Sala de Imunização realizará os atendimentos na Avenida dos Expedicionários, 425, no Centro, no antigo setor de Zoonozes. De acordo com Luiz Saldanha, a ideia é que mesmo depois da obra de reforma da policlínica, a vacinação continue sendo feita neste novo local.