Destaque PequenoLITORAL

Prefeitura de São Sebastião realiza ações de combate à dengue em Boiçucanga e foca bairros mais afetados pela doença

Crédito: Elton Ramos \ PMSS

A Prefeitura de São Sebastião, por meio do Departamento de Combate à Endemias, vinculado ao Departamento de Vigilância em Saúde, realizou neste último sábado (24), controle de criadouros do mosquito da dengue no bairro de Boiçucanga, em parceria com a Defesa Civil.

Cerca de 300 imóveis foram vistoriados, o que resultou na identificação de cerca de 40 recipientes com larvas. A ação também contou com nebulização espacial veicular.

As medidas de combate à dengue são realizadas em todo município regularmente, com foco em áreas prioritárias, segundo notificações de casos diários.

Nesta terça-feira (27), a Secretaria de Saúde (SESAU) da Prefeitura de São Sebastião registrou 1.248 notificações de suspeitas de dengue. Deste total, foram confirmados 335 casos positivos no município. Os bairros mais afetados são Juquehy (15%), Boiçucanga (10%), Jaraguá (8%), Itatinga (7%), Maresias (6%), Cambury (5%), Pontal da Cruz (5%), Barra do Sahy (5%) e Barequeçaba (5%). Todos os demais bairros contam com menos de 5% do total de casos.

Ainda de acordo com os registros, em fevereiro do ano passado, a cidade teve apenas 39 casos positivos, o que confirma um aumento explosivo de casos confirmados.

Segundo o coordenador técnico de controle de endemias, Edwil Bernardi Piva, “o que gera criadouros é a água parada em recipientes como frascos, garrafas, bebedouros para animais, vasos de plantas, entre outros”.

Confira alguns cuidados que devemos tomar para evitar a proliferação do Aedes aegypti:

· Mantenha garrafas vazias ou baldes virados para baixo;

· Não deixe entulho no quintal ou nas ruas;

· Mantenha a lata de lixo devidamente tampada e guarde pneus em locais cobertos, longe da chuva;

· Cubra as caixas d’água, poços ou piscinas e mantenha as calhas de água limpas;

· Mantenha tampados tonéis e barris de água;

· Lave semanalmente com escova e sabão os tanques utilizados para armazenar água;

· Coloque terra ou areia nos pratos dos vasos de planta até a borda;

· Coloque no lixo todo objeto não utilizado que possa acumular água;

· Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada;

· Não deixe água acumulada sobre a laje.

Por Talita Fernanda \ PMSS