DestaqueSul de Minas

II Semana do Agro em Piranguinho Destaca Novas Tecnologias e Conservação Ambiental

Por Ascom PMP

Na quarta-feira, dia 8 de maio, o Teatro Municipal de Piranguinho foi palco de discussões e aprendizados significativos durante a II Semana do Agro. Com palestras envolventes e informativas, os participantes foram guiados por dois temas essenciais para o desenvolvimento agrícola sustentável: As Novas Tecnologias na Cultura do Milho, Tomate e Hortifruti, e o Programa Conservador da Mantiqueira e Pagamentos por Serviços Ambientais.

A primeira palestra, ministrada por João Paulo, especialista renomado na área, abordou as inovações tecnológicas que estão revolucionando a produção agrícola. Os participantes puderam entender como essas tecnologias podem otimizar a produção, aumentar a qualidade dos produtos e reduzir os impactos ambientais.

Um dos pontos altos foi a exploração das técnicas específicas para a cultura do milho, do tomate e dos hortifrutis, que são essenciais para a economia local de Piranguinho. Os agricultores presentes puderam tirar dúvidas e compartilhar experiências, fortalecendo ainda mais a comunidade agrícola da região.

Na segunda palestra, Mark Lopes, professo do IFSul de Minas e representante do programa conservador da Mantiqueira, trouxe uma perspectiva crucial sobre a conservação ambiental e os pagamentos por serviços ecossistêmicos. O programa, que visa preservar a rica biodiversidade da região da Mantiqueira, tem como foco principal a restauração de áreas degradadas e a promoção da coexistência harmoniosa entre a agricultura e a natureza.

Os participantes ficaram impressionados com os resultados já alcançados pelo programa, que não só contribui para a preservação do meio ambiente, mas também oferece incentivos financeiros aos agricultores que adotam práticas sustentáveis em suas propriedades.

Ao final das palestras, ficou evidente a importância de integrar tecnologia e conservação ambiental no cenário agrícola atual. A II Semana do Agro em Piranguinho continua a cumprir seu papel de promover conhecimento e incentivar práticas sustentáveis, demonstrando que é possível conciliar o desenvolvimento econômico com a preservação do meio ambiente.

Vale ressaltar que a II Semana do Agro tem a organização da Secretaria de Governo e Agricultura com apoio da EMATER.